quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O ritmo da degola de Dilma



A se manter o atual ritmo de degola, até o final do governo, Dilma terá alterado 32 dos 38 ministros. Eu não entendo em que medida isto significa capacidade de gestão. Mas deve ter algum sentido. Imagino.

2 comentários:

Proudon disse...

Não é capacidade de gestão, caro. É uma baita capacidade de digestão...

SENÔ JÚNIOR disse...

Ao balançar as árvores onde as feras peemedebistas sobem para descansar, Dilma faz com que eles gastem mais energia se segurando onde estão do que em busca de novos cargos. Eles têm a impressão de que venceram e ela cedeu. Mas, quem for olhar de perto, verá que a presidente levou a melhor (Denise Rottenburg)